Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Ladário e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Ladário
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social ladarioprefeituramunicipal
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAI
24
24 MAI 2019
Projeto de lei de reajuste de 4,27% é encaminhado para aprovação da Câmara de Vereadores de Ladário
enviar para um amigo
receba notícias

 



-

 

 

A Prefeitura Municipal de Ladário através da sua atual administração encaminhou nessa tarde (24), projeto de lei que dá um reajuste  de 4,27% aos servidores.

O projeto de Lei nº 2/2019, dispõe sobre a revisão geral de vencimentos dos servidores do quadro de pessoal do Poder Executivo, e dá outras providências, para a Câmara Municipal de Ladário pelo Prefeito Municipal, Iranil Soares.

O reajuste no salário dos servidores tem sido pauta desde o início da gestão da atual administração do município. O Prefeito Iranil Soares disse que após acaloradas discussões e muito estudo, foi possível chegar a um número razoável, embora o quadro econômico do município não seja favorável. "O índice do reajuste foi buscado através de acaloradas discussões e profundas análises do atual quadro econômico do Município, que teve a contribuição e participação de toda equipe econômica, composta de membros do Executivo, secretários, servidores da Fazenda Municipal e da Assessoria Contábil", disse o Prefeito Iranil Soares, que informou também que o pretendido para o reajuste salarial seria acima do número disposto, compensando o congelamento dos subsídios e vencimentos do ano de 2018, porém, extrapolaria a capacidade do atual quadro do encaixe dos cofres municipais, bem como elevaria drasticamente o índice da folha.

O Secretário de Finanças e Planejamento, Luciano Jara, disse que as perspectivas econômicas não indicam melhorias substanciais, pois o município passa por uma das suas piores crises financeiras. "As perspectivas econômicas para 2019 não indicam melhorias substanciais, porque estamos vivendo um período de recessão cíclica, que demora em recompor-se. O propósito do Poder Executivo é o de, nos futuros meses, se houver uma recuperação da economia e de receitas mais abundantes, oferecer novas correções de vencimentos", disse o secretário.

 

O Projeto de Lei foi encaminhado em Regime de Urgência Especial e deve ser votado na tarde de hoje, e se aprovado, o reajuste já valerá para o próximo pagamento.

A Prefeitura Municipal de Ladário através da sua atual administração encaminhou nessa tarde (24), projeto de lei que dá um reajuste  de 4,27% aos servidores.

O projeto de Lei nº 2/2019, dispõe sobre a revisão geral de vencimentos dos servidores do quadro de pessoal do Poder Executivo, e dá outras providências, para a Câmara Municipal de Ladário pelo Prefeito Municipal, Iranil Soares.

O aumento no salário dos servidores tem sido pauta desde o início da gestão da atual administração do município. O Prefeito Iranil Soares disse que após acaloradas discussões e muito estudo, foi possível chegar a um número razoável, embora o quadro econômico do município não seja favorável. "O índice do aumento foi buscado através de acaloradas discussões e profundas análises do atual quadro econômico do Município, que teve a contribuição e participação de toda equipe econômica, composta de membros do Executivo, secretários, servidores da Fazenda Municipal e da Assessoria Contábil", disse o Prefeito Iranil Soares, que informou também que o pretendido para o reajuste salarial seria acima do número disposto, compensando o congelamento dos subsídios e vencimentos do ano de 2018, porém, extrapolaria a capacidade do atual quadro do encaixe dos cofres municipais, bem como elevaria drasticamente o índice da folha.

O Secretário de Finanças e Planejamento, Luciano Jara, disse que as perspectivas econômicas não indicam melhorias substanciais, pois o município passa por uma das suas piores crises financeiras. "As perspectivas econômicas para 2019 não indicam melhorias substanciais, porque estamos vivendo um período de recessão cíclica, que demora em recompor-se. O propósito do Poder Executivo é o de, nos futuros meses, se houver uma recuperação da economia e de receitas mais abundantes, oferecer novas correções de vencimentos", disse o secretário.

 

O Projeto de Lei foi encaminhado em Regime de Urgência Especial e deve ser votado na tarde de hoje, e se aprovado, o reajuste já valerá para o próximo pagamento.

 

 

Fonte:

 

Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia