Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Ladário e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Ladário
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social ladarioprefeituramunicipal
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
08
08 JUN 2020
Campanha “Todos Pelo Fim do Feminicídio” termina com panfletagem de conscientização na feira de sábado
enviar para um amigo
receba notícias
A Superintendência de Articulações e Políticas Públicas para Mulher da Prefeitura Municipal de Ladário durante a primeira semana de junho realizou publicações nas mídias sociais, entrevista na rádio, e concluiu o último dia da campanha “Todos Pelo Fim do Feminicídio” com panfletagem na feira de sábado (06). A ação tinha o objetivo de trazer a discussão sobre as violências domésticas que ocorrem dentro do ambiente familiar e relacionamentos afetivos da vítima. 
A primeira semana de junho foi escolhida, pois desde o ano de 2018 o Estado do Mato Grosso do Sul contempla a lei nº 5.202. A mesma institui o dia 1º de junho no Calendário Oficial do Estado a Semana Estadual de Combate ao Feminicídio, lembrando a morte da jovem Isis Caroline no dia 1º de junho de 2015, considerado como o primeiro registro de feminicídio no Estado, após a vigência da Lei Federal 13.104/2015.
“Falar sobre violência, sobre feminicídio, suas causas e como evitá-lo é fundamental para promover uma educação que respeite as mulheres e diminua os crimes de gênero. Abordar o respeito, a igualdade de gênero, os direitos das mulheres e esclarecer dúvidas são medidas que devem ser conversadas no dia-a-dia”, disse Creuza Elizabeth da Matta, Superintendente de Articulações e Políticas Públicas para Mulher. 
 
Todos os tipos de violência, podem e devem ser denunciados para que medidas de proteção a mulher sejam tomadas e que futuras agressões sejam evitadas.
Denuncie:
Ligue 180 - A Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência 
Disque 100 - Disque Direitos Humanos - Disque Denúncia Nacional
Ligue (67) 3907-9900 - Delegacia de Atendimento à Mulher de Corumbá.
 
 
 

Fonte:

Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia