Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Ladário e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Ladário
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAR
06
06 MAR 2017
HABITAÇÃO
Em Campo Grande, prefeitura apresenta projeto para a construção de casas em terreno de 300 lotes
enviar para um amigo
receba notícias

 



-

 

O prefeito Carlos Ruso e o secretário municipal de Habitação, Marinho Atagiba, estiveram em Campo Grande, onde oficializaram a entrega da documentação do terreno com 300 lotes para a construção de imóveis para moradia. A reunião foi com a secretária de Habitação de Mato Grosso do Sul, Maria do Carmo Lopez, que também recebeu o projeto para a construção de 67 unidades que serão financiadas pela Caixa Econômica Federal.

?Este é o primeiro projeto que iremos desenvolver e já está pronto, até o final do mês já deveremos lança-lo oficialmente em Ladário?, afirmou Marinho. Pelo convênio que será firmado, a Prefeitura doa o terreno, o Governo do Estado vai dotar o local de toda a infraestrutura, sendo esgoto, água e luz, e a Caixa Econômica Federal fará a venda financiada subsidiada através do FGTS.

O terreno fica no bairro Mangueiral, são duas quadras que foram destinadas para a construção de moradias que ajudarão no desenvolvimento do quadrante leste de Ladário. A região vem crescendo acentuadamente nos últimos anos e até agora havia recebido empreendimentos da Marinha do Brasil e particulares.    

Para ingressar no projeto, o candidato deverá ter renda de até cinco salários mínimos e preencher o cadastro na Secretaria Municipal de Habitação. ?Até o final deste mês já estaremos divulgando a abertura do cadastro e os documentos que serão necessários para que as pessoas possam pleitear o imóvel?, explicou o secretário.

Este é apenas o primeiro projeto, que deverá abrir frente para outros que ocuparão os demais 233 lotes do terreno. ?Vamos pleitear vários tipos de projetos, que atendam as mais variadas faixas de ganho das famílias. O importante, é diminuirmos o déficit habitacional em Ladário e criarmos dispositivos para que a população adquira sua casa própria?, concluiu Marinho.   

 

Fonte:

 

Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia