Notícias

Semana da campanha de conscientização ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes




 


-

 

O mês de maio nos traz o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e nos faz lembrar do Caso Aracelis, a qual o dia foi dedicado.

O dia 18 de maio foi escolhido devido a um crime bárbaro que aconteceu no 1973, na cidade de Vitória (ES), que ficou conhecido como o “Caso Araceli”.

Uma menina de oitos de idade, chamada como Araceli Cabrera Sanches foi sequestrada em 18 de maio de 1973, por jovens da sua cidade de classe média alta. Araceli foi drogada, espancada, estuprada e morta por esses homens. Neste dia, a criança de apenas oito anos teve todos os seus direitos humanos violados. Os jovens que cometeram o crime permanecem até hoje impunes.

O atual Coordenador do Conselho Tutelar João Paulo Moreira Neves Pinto informou “A importância de investir ainda mais em trabalhos que ensinem a criança e a família a reconhecer certos tipos de assédios e saber procurar por ajuda. Sabemos que na maior parte dos casos, essas crianças sofrem violências sexuais por pessoas de confiança da família. A família é essencial para fortalecer a prevenção de qualquer abuso. É dever de todos os cidadãos denunciarem qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes”, disse João Paulo.

Os órgão responsáveis pela prevenção e autuação contra crimes de Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes são CRAS, CREAS e Conselho Tutelar.

A lei Nº 9.970, de 17 de Maio de 2000. Institui o dia 18 de maio como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Os canais de denúncia são: DISQUE 100, 181, 190 PM, Conselho Tutelar ou outro órgão de segurança pública.

Número de Plantão do Conselho Tutelar de Ladário: (67) 98425-7579

 

Fonte: