Notícias

Secretários prestam contas de ações realizadas no primeiro semestre




 


-

 

Audiência Pública realizada hoje pela manhã na Câmara Municipal de Ladário, organizada pela Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento, prestou contas de tudo o que foi feito pela prefeitura no primeiro semestre de 2017. O prefeito Carlos Ruso abriu a audiência reclamando da falta de participação popular, já que “o nosso objetivo é mostrar para a população o que estamos fazendo”, disse.

Audiências importantes vêm sendo realizadas sem a participação popular. Os horários  têm sido alternados para que se saiba qual é o melhor para que as pessoas estejam presentes. A do Plano Plurianual, por exemplo, feita no início deste mês, foi à noite, mas também não houve munícipes presentes para dizer o que gostariam que fosse incluído no plano de governo para melhorar a qualidade de vida em Ladário.

“Precisamos atrair a população”, afirmou o prefeito que na abertura falou a respeito dos problemas de nepotismo na administração. “Eu venho cumprindo com um compromisso meu, de não contratar nenhum parente, mas alguns outros casos passaram e já estamos resolvendo, inclusive com desligamentos de funcionários”, afirmou ele.

No decorrer da audiência os secretários falaram sobre os trabalhos realizados no primeiro semestre, a exemplo da Secretaria Municipal de Saúde que regularizou o funcionamento da Farmácia Municipal até a meia noite, na Unidade Básica de Saúde Joaquim da Costa e Faria que passou a funcionar como Posto de Pronto Atendimento, na Cohab.

Outro ponto apontado pela secretária Ana Lúcia de Vasconcellos, foi a reposição da equipe do Mais Médicos para as Unidades de Saúde. “Nós também promovemos a organização do nosso laboratório municipal”, disse a secretária que acredita ter muito para comemorar dos primeiros seis meses de administração e novos desafios pela frente.  

Sara Regina de Almeida, secretária municipal de Educação também comemorou, principalmente a abertura de mais 600 vagas na REME, acomodando assim novos alunos. “Nós também adquirimos um ônibus para o transporte escolar, com 60 lugares e promovemos o remanejamento de professores, atualização de nível e classe e atualização de toda a documentação da rede”, afirmou.

Os presidentes de fundações também apresentaram os resultados de suas pastas. A de esportes enumerou os campeonatos e torneios realizados e a reforma das redes hidráulica e elétrica do ginásio poliesportivo Professor Hélio Benzi. A de Meio Ambiente e Produção Rural citou a participação nos eventos garantindo o respeito ao meio ambiente e a atuação junto aos produtores fomentando a produção no campo.

A próxima audiência agora será a de elaboração da Lei Orçamentária para 2018. A data já está marcada, será no dia 17 de agosto na Câmara Municipal. Só falta definir o horário, já que o prefeito Carlos Ruso faz questão da participação popular.

 

 

Fonte: